Imagem 13Imagem 40

FAÇA JÁ SUA MATRÍCULA, NÃO PERCA TEMPO, APRENDA ESSA ARTE CIÊNCIA. A CONCORRÊNCIA SEMPRE É PEQUENA E TEM CONCURSO DEMAIS!!!

TEMOS CURSO ONLINE (PDF) OU PRESENCIAL EM ATÉ 12 X NOS *CARTÕES (Juros de 2% ao mês). Caso queira, fale diretamente com o professor Moacyr Moraes no whasApp: 62 98305-7852. Ele atende entre 10 e 23:45 horas todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados!

*Exceto promoções.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE GOIÁS - 28/03/2019 - Fontes ainda não oficiais indicam que a ALEGO lançará edital à parte para contratação de Taquígrafos(as). Vamos aguardar informações.


TEM SUPER PROMOÇÃO NO SITE!!!

_______________________________________________________________________________________________________________

VEM AÍ O CONCURSO PARA TAQUÍGRAFOS NA ALESC - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA - SC

29/07/2019

                                

_______________________________________________________________________________________________________________

SAIU O EDITAL PARA TAQUÍGRAFO(A) NA CÂMARA MUNICIPAL DE MAUÁ NA GRANDE SÃO PAULO - SP !!!

07/06/2019 - 11:49 - Fonte: camaramaua.sp.gov.br

Salário para a Taquigrafia será de R$ 4.494,16 + R$ 1.500,00 de gratificação após a efetivação no cargo. Exigência de nível médio. Prova prática a ser marcada provavelmente em novembro/2019. Veja o edital no link abaixo:

www.camaramaua.sp.gov.br/pdf/CMMU1801_Edital_Abert...


OBS.: Temos curso online (pdf) exclusivo para esse certame. Matrículas abertas aqui no site com super desconto e início imediato! Fale agora com o Professor Moacyr Moraes no WhatsApp: 62 98305-7852 e reserve já a sua vaga!!!

_______________________________________________________________________________


TORNE-SE UM TAQUÍGRAFO(A) PROFISSIONAL E TENHA UM EXCELENTE SALÁRIO MENSAL!

Concursos para Taquígrafos sempre ocorrerão, pois o mesmo tem fé pública e nunca poderão ser terceirizados!!!

VEJA ÓRGÃOS COM ENORME CARÊNCIA DE TAQUÍGRAFOS:

Em decorrência de concessão de aposentadorias, há vagas nos setores de taquigrafia das seguintes órgãos: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Câmara Municipal de Goiânia e Tribunal Regional Federal-4ª Região, além da Câmara do Distrito Federal e Senado. Com quadros de taquígrafos desfalcados, somente mediante realização de concursos públicos as vagas poderão ser preenchidas.

Lembrando que a concorrência é mínima, em decorrência do reduzido números de cursos regulares no Brasil.

CHANCES DE TRABALHO NA ÁREA DE TAQUIGRAFIA BEM COMO INFORMAÇÕES DE TRABALHO

09/03/2019 - Administrador 

Todo aluno(a) que tiver um excelente aproveitamento no curso de taquigrafia, interesse total, assiduidade, responsabilidade, não perder aulas, participação ativa, perseverança, terá oportunidade de trabalhar na área e poderá ter um bom treinamento e ser remunerado para isso. Sempre somos procurados pela iniciativa privada e até mesmo órgãos públicos (principalmente prefeituras) para trabalhos de taquigrafia, assim sendo, vamos indicando alunos(as) que se sobressaiam em cada turma. Com isso esses felizardos, além de remunerados, estarão em constante treinamento e habilitar-se-ão mais ainda aos concursos públicos para taquígrafos. Muitos de nossos alunos(as) hoje são taquígrafos(as) concursados em vários órgãos deste país, como Tribunais, Assembleias, Câmaras de Vereadores, etc. Tudo isto é possível, bastando ao aluno(a) seguir atentamente as orientações do professor e, com certeza terá seu nome indicado e com isso abrirão as portas a uma ímpar oportunidade de trabalhar como taquígrafo(a) .

IGT – INSTITUTO GOIANO DE TAQUIGRAFIA

“ÚNICO CURSO NA ÁREA EM GOIÁS HÁ 23 ANOS”

FONES: 62  3093-2850(FIXO) / 98305-7852(WhatsApp) / 99685-0242(VIVO).

RUA 113 – SETOR SUL – GOIÂNIA – GOIÁS - CEP.: 74.085-200

Após terminar o curso, o aluno (a) ganha na hora um bônus que lhe dará o direito a dois anos livre para treinamento sem custo algum.

_______________________________________________________________________________________________________________

Concursos 2019: Bolsonaro sanciona orçamento que prevê mais de 48 mil vagas

Presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (16), o Orçamento Federal de 2019

Fonte: noticiasconcursos.com.br  -  Por Saulo Moreira. Atualizado 16/01/2019 - 10:05

                                                         

                                                                        

O projeto de orçamento de 2019, aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado, foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira, 16 de janeiro, sem vetos na criação das vagas. Está confirmada no documento a previsão de nada menos que 48.224 cargos, sendo 4.851 para criação e 43.373 para provimento. Os cargos disponíveis para provimento podem resultar em novos concursos este ano. De acordo com o projeto, estão destinados R$3,38 trilhões, sendo 351,35 bilhões para o gasto com pessoal, incluindo os recursos para inativos e pensionistas. 

As oportunidades são para os três poderes: Legislativo, Judiciário e Executivo. 

Para o Poder Legislativo, destaca-se a Câmara dos Deputados com 127 cargos a serem criados e 197 para provimento, totalizando 324 cargos. Há ainda o Senado Federal, com 40 provimentos de cargos, e o Tribunal de Contas da União (TCU), com 20.

Já para o Poder Judiciário estão previstos 2.973 cargos para preenchimento, sendo 1.047 para criação e 1.926 para provimento. Esse número está distribuído entre o Supremo Tribunal Federal – STF (38 cargos), Superior Tribunal de Justiça – STJ (50), Tribunal Regional Federal – TRF (925, sendo 625 para criação e 300 para provimento), Superior Tribunal Militar – STM (30), Tribunal Superior Eleitoral – TSE e Tribunal Regional Eleitoral – TRE (1.240, sendo 370 para criação e 840 para provimento), Tribunal Superior do Trabalho – TST e Tribunal Regional do Trabalho – TRT (684, sendo 52 para criação e 632 para provimento) e Conselho Nacional da Justiça – CNJ (06).

Por fim, o Poder Executivo prevê o maior quantitativo, com 42.818 cargos, sendo 2.095 para criação e 40.723 para provimento. Do quantitativo de vagas, 11.493 são para cargos e funções vagos sem especificações de órgãos, podendo ser distribuídos conforme novas autorizações para concursos. Há uma grande expectativa para os concursos do INSS, IBGE e DEPEN. O então Diretor-Geral da PRF, Renato Dias, também confirmou que vai realizar um novo certame este ano.

A Câmara e o Senado lançarão vagas para Taquígrafos(as) com salários de até R$ 18 mil. O IGT está com matrículas abertas exclusivamente para esses certames. Prepare-se com antecedência e garanta sua aprovação com quem mais aprova no Brasil ! Fale com o Professor Moacyr Moraes no fixo 62 3093-2850 ou no WhatsApp: 62 98305-7852. Para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui no site mesmo. Clique no balãozinho acima e inscreva-se já!!! Temos curso presencial ou online E ACEITAMOS CARTÕES DE DÉBITO OU CRÉDITO.

_________________________________________________________________________________________________


Concurso Câmara Municipal Porto Velho

15/11/2018 - 13h22

Foi publicado no Diário Oficial do estado de Rondônia, o extrato de dispensa de licitação que informa a banca escolhida para organizar o concurso Câmara Municipal de Porto Velho. O responsável será o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE). 

O concurso foi anunciado em dezembro de 2017 pela própria Casa, mas até o início deste ano não havia recebido mais nenhuma atualização sobre seu andamento. Até que no mês de março, por determinação da Justiça da capital, o concurso voltou a ganhar foco. Ainda não foram divulgados informações oficiais sobre vagas e cargos. Vale lembrar que o último certame organizado pela Câmara de Porto Velho aconteceu no ano de 1991, ou seja, a mais de 27 anos.  Seus principais cargos de nível superior são: Procurador, Analista Jurídico, Contador, Analista Legislativo, Analista de TI e Auditor de Controle. Alguns dos cargos de nível médio encontrados na Câmara são: Taquigrafo, Técnico, Oficial e Tradutor. Carreiras Legislativas.

O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr Moraes no whatsApp: 62 98305-7852 (ele atende das 10 às 23:30 todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados), ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição!

__________________________________________________________________________________________________

Saiu o edital para a CLDF/2018!!!

                 

24/08/2018 - 23h42

A prova prática de taquigrafia será realizada dia 28/04/2019. Venha estudar conosco e garanta sua aprovação. Tem muito tempo para você se tornar um(a) profissional competente! 

Confira o edital

www.concursosfcc.com.br/concursoAndamento.html

_________________________________________________________________________________________________

Expectativa de edital para nível médio e superior! Até R$ 20.384,43
Legislativo tem 601 cargos vagos; Último edital foi em 2012 

Por Saulo Moreira. Atualizado 16/01/2019   09:12 

Aguardado por muitos concurseiros, o concurso da Câmara dos Deputados 2018 é urgente. De acordo com o último balanço do quadro de servidores da casa, atualizado no dia 30 de novembro, o legislativo conta com nada menos que 601 cargos vagos, sendo 181 na função de Analista Legislativo (nível superior) e 420 na função de Técnico Legislativo (nível médio). O último levantamento feio pela Câmara havia registrado 523 cargos vagos. A expectativa de edital é grande, já que consta na Lei Orçamentária Anual uma previsão de arrecadação com a taxa de inscrição do concurso da Câmara dos Deputados. De acordo com a proposta, estão previstas, a princípio, 129 vagas para cargos de Técnico Legislativo e Analista Legislativo. A taxa de inscrição será de R$110,00 ou R$150,00, tendo como consequência a arrecadação de R$ 8.730.000,00. Quantidade de vagas ainda será insuficiente Apesar do projeto contar com 129 vagas, o órgão conta com um déficit de 601 servidores. Sendo assim, a expectativa é que o legislativo ofereça oportunidades em cadastro reserva, com objetivo de realizar contratações durante a validade do certame.  Há cargos vagos nas áreas de agente de polícia legislativa, agente de serviços legislativos/serviços paramédicos, assistente administrativo, analista de informática legislativa, assistente social, assistente técnico, consultoria, contador, enfermeiro, engenheiro, técnico em comunicação social/ rádio, técnico em comunicação social/televisão, técnico em documentação e informação legislativa e técnico em material e patrimônio, médico, taquígrafo legislativo, técnica legislativa, técnico em comunicação social/divulgação institucional, técnico em comunicação social/imprensa escrita e técnico em comunicação social/relações públicas. Edital do Concurso Câmara dos Deputados 2018 

Com a solicitação e projeto de concurso em andamento, além do alto número de postos vagos, a expectativa é que o edital não demore de ser divulgado, já que o concurso é visto de extrema urgência.

Cargos do concurso da Câmara dos Deputados Conforme o projeto, a Câmara dos Deputados tem em seu quadro de servidores oportunidades para Técnico Legislativo e Analista Legislativo. Para Analista, o edital poderá contar com oportunidades para as áreas de Médico (Neurologia, Ortopedia, Traumatologia, Otorrinolaringologia, Radioimagem), Museólogo, Taquígrafo Legislativo e Técnica Legislativa, mesmas funções oferecidas no último edital, divulgado em 2012, além de outras, a serem conhecidas com o edital a ser publicado. Para concorrer a função de Analista Legislativo – Área Médico será necessário: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro profissional no Conselho Regional de Medicina, além de certificado de conclusão de residência médica ou título de especialista, na área de especialização a que concorre, devidamente registrados no Conselho Regional de Medicina (CRM). O candidato aprovado nesta função terá que prestar assistência médica emergencial e ambulatorial aos deputados, servidores ativos e inativos, jornalistas credenciados e àqueles que, por determinação legal, sejam considerados seus dependentes.

O concurso da Câmara dos Deputados também conta com oportunidades para a especialidade Taquigrafo Legislativo

Para concorrer ao cargo de Taquígrafo, o candidato deverá ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC ou habilitação legal equivalente. Terá atribuição de  atividades de nível superior estabelecidas pelo Ato da Mesa nº 45, de 1984, envolvendo, dentre outras, execução de tarefas relativas ao registro e decifração de notas taquigráficas, diretamente ou mediante gravações em sistema de áudio, dos discursos, depoimentos, exposições, conferências e debates travados no âmbito do Plenário Principal e/ou das Comissões Técnicas da Câmara dos Deputados e do Congresso Nacional, bem como de outros eventos que envolvam assuntos relacionados às atividades legislativas, dando-lhes forma ortográfica e sentido lógico perfeito, sem prejuízo do estilo e do pensamento do orador; realização de pesquisas bibliográficas, ou de outra natureza, necessárias ao perfeito desempenho dos serviços referentes ao registro taquigráfico. 

SALÁRIO PARA TAQUÍGRAFOS: R$ 20.384,43

O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr no whatsApp: 62 98305-7852 ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição!

__________________________________________________________________________________________________


Concurso CLDF: FCC atinge maior pontuação e deve ser escolhida

17/04/2018 - 14:58


A comissão responsável pelo concurso CLDF, divulgou nesta quinta-feira (29/03/2018), no Diário Oficial do Distrito Federal, o andamento do processo que visa escolher a banca organizadora do próximo concurso CLDF. Após a seleção, a banca Fundação Carlos Chagas obteve a maior pontuação e deve ser escolhida, atrás da primeira colocada estão:  Instituto AOCP, Cebraspe, IDIB e Funrio, respectivamente.

    

O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr no whatsApp: 62 98305-7852 ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição!


_________________________________________________________________________________________________

Concurso Assembleia Legislativa RO: 

Definida a banca! São previstas 100 vagas para Nível Médio e Superior

Foi publicado em 19 de março de 2018, no Diário Oficial de Rondônia, escolha da banca do concurso Assembleia Legislativa RO 2018! A organizadora eleita foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Trata-se do primeiro certame organizado desde 1986. A Assembleia Legislativa tem grande carência de quadros, que visam ser preenchidos com este certame. 

Estão previstas  ao menos 100 vagas para cargos de níveis  Médio e Superior. A remuneração inicial varia entre R$ 2.211,92 e R$ 8.677,54. 

Além disso, os servidores da casa recebem um conjunto de auxílios: 

a) Auxílio-transporte: R$ 200,00;

b) Auxílio-alimentação: R$ 200,00;

c) Auxílio-saúde:  R$ 600,00.

Já havíamos noticiado, em setembro de 2017, que a realização de um novo certame havia sido autorizado pela Assembleia Legislativa de Rondônia, em caráter de urgência.


A drástica redução no quadro de servidores experimentada na mais de duas décadas desde a realização do último certame foi fundamental para que os Deputados do Estado considerassem necessário um novo concurso o mais rápido possível.

Em dezembro de 2018, foi apresentado o quadro geral das carreiras da Assembleia Legislativa. O órgão ainda não divulgou um quantitativo completo das oportunidades que serão oferecidas no certame de 2018. 

O presidente da ALE RO, deputado Maurão Carvalho, informou em entrevistas nos fins de 2017 que são previstas pelo menos 100 vagas.

Confira abaixo todas as carreiras da Assembleia Legislativa de Rondônia, o respectivo número de cargos e seus requisitos:

                           

  O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr no whatsApp: 62 98305-7852 ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição

_______________________________________________________________________________________

Concurso Assembleia Legislativa ALE RR 2018: Saiu o edital para nível médio e superior! Até R$ 6.079,31
FUNRIO organiza o edital de concurso; Inscrições entre 28 de março e 20 de abril de 2018 

Por Saulo Moreira. Atualizado 14/03/2018 22:50

Saiu o edital de concurso público da Assembleia Legislativa de Roraima(Concurso Assembleia Legislativa ALE RR 2018). 

Foi divulgado na noite desta quarta-feira, 14 de março, o documento de abertura que prevê a abertura de 31 vagas em cargos de níveis médio e superior. A Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino e Assistência à Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinlle, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (FUNRIO) tem a responsabilidade do certame.

De acordo com edital de concurso da Assembleia Legislativa/RR 2018, as vagas serão destinadas aos cargos de Administrador (04 vagas), Analista de Sistemas (02 vagas), Assessor Técnico Legislativo (03  vagas), Contador (02 vagas), Economista (02 vagas), Enfermeiro (02 vagas), Jornalista (01 vaga), Psicólogo (02 vagas), Revisor (02 vagas), Tradutor – Inglês (01 vaga), Assistente Legislativo (07 vagas) e Taquígrafo (03 vagas). 

Os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas oferecidas integrarão o Quadro Permanente de Pessoal da Assembleia Legislativa de Roraima e serão regidos pelo estabelecido no Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do Estado de Roraima. Os candidatos aprovados em todas as fases serão convocados e empossados no cargo sob o Regime Estatutário, observando neste exercício de 2018, o disposto na legislação eleitoral, mas especificamente na Resolução nº 23.555/17 e suas alterações, que fixa o Calendário Eleitoral/2018.

Edital:  www.funrio.org.br

O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr no whatsApp: 62 98305-7852 ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição.

_______________________________________________________________________________________________________________

Adiado edital do Concurso Assembleia Roraima 2018 para 12 de março/2018.

Certame trazendo 32 vagas em cargos de níveis médio e superior era aguardado para esta terça-feira (27), mas, foi adiado por razões técnicas 

28/02/2018 às 08h05

Concurseiros ansiosos pela publicação do edital do próximo certame para a Assembleia Legislativa de Roraima terão que esperar por mais alguns dias. Aguardado para hoje (27), o edital do Concurso Assembleia Roraima 2018 foi adiado para o próximo dia 12 de março/2018. Segundo a Superintendência de Comunicação do órgão, o adiamento se deu por motivos de ordem técnica. Vale lembrar que esta é a segunda vez que a publicação é adiada, já que a data, originalmente, anunciada era 23 de fevereiro. As provas para seleção dos candidatos estava marcada para maio, mas, após as duas alterações, ainda não foi informado se a aplicação se manterá conforme o previsto. O certame já tem a FunRio definida como banca organizadora e ofertará 32 vagas em cargos de níveis médio e superior.

Para nível médio, as dez vagas serão distribuídas entre as carreiras de taquígrafo e assistente legislativo.

Para nível superior, as vagas restantes seguem para as carreiras de tradutor, analista de sistemas, administrador, contador, assessor técnico legislativo, enfermeiro, revisor, psicólogo e procurador. 

As remunerações iniciais previstas vão de R$ 3.065,24 a R$ 5.789,82, para cargos de níveis médio e superior, respectivamente. Porém, no topo da carreira, podem alcançar os R$ 12 mil, dependendo do cargo pretendido. Além da remuneração base, os servidores têm direito a benefícios, como auxílios alimentação e transporte. 


O IGT tem curso online (PDF) exclusivo para esse certame. Fale com o Professor Moacyr no whatsApp: 62 98305-7852 ou para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui mesmo no site. Clique no balão acima e faça sua inscrição.



__________________________________________________________________________________________________


CONCURSO CLDF TERÁ NOVA ORGANIZADORA EM BREVE


O prazo para as bancas organizadoras interessadas em organizar o próximo concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal (Concurso CLDF) segue até o dia 15 de janeiro de 2018.  Veja nota na íntegra publicada pela CLDF: 

CLDF abre prazo para receber propostas de bancas organizadoras de concurso público A Comissão Coordenadora do Concurso Público da Câmara Legislativa do DF publicou, nesta quarta-feira (13), comunicado oficial em que anuncia abertura de prazo para receber novas propostas para escolha da instituição que realizará o concurso público da CLDF. As bancas terão o período de 2 a 15 de janeiro de 2018 para entrega da documentação, devendo-se observar que, no mês de janeiro, o horário de expediente da CLDF é das 13h às 19h, devido ao recesso parlamentar. A contratação será sem custo para os cofres públicos.

O Projeto Básico que vai orientar a elaboração das propostas de serviços técnico-especializados está disponível no Portal da Casa. Quaisquer esclarecimentos sobre o edital podem ser feitos, pessoalmente ou com a Comissão Coordenadora do Concurso pelos telefones 3348-8523 e 3348-9295.

Segurança – Com o objetivo de tranquilizar os futuros candidatos e assegurar a continuidade do concurso para a Câmara Legislativa, a Mesa Diretora optou por acatar as sugestões do Tribunal de Contas do DF – que havia suspendido o certame – e, dessa forma, realizar as adaptações necessárias ao prosseguimento do processo seletivo. Não haverá mudança no quantitativo de vagas tendo. O calendário, no entanto, passará por adaptações que serão divulgadas oportunamente.

O concurso público da CLDF terá 86 vagas distribuídas entre cargos de nível médio e superior (várias formações), como consultor legislativo (taquígrafos), consultor técnico-legislativo e procurador. O salário inicial (incluindo gratificações) para nível médio é de R$ 10.143,07, e nível superior, R$ 15.123,30.

Todo o processo de planejamento e organização do certame observa as normas que regulam a realização de concursos públicos, notadamente o art. 24, inciso XIII, da Lei nº 8.666/93. A propósito, conforme estabelece a Lei Geral de Concursos, as provas para o preenchimento de vagas da Câmara Legislativa obedecerão ao prazo mínimo de 90 dias após o lançamento do edital.

No último concurso da Casa, cujo edital foi divulgado em 2005, estava previsto o provimento de 78 vagas de nível superior e de 42 de nível médio, além da formação de cadastro de reserva – o que também deverá ocorrer nesta seleção.

Fonte: www.cl.df.gov.br

O IGT está com turmas abertas para esse certame tanto presencial ou online. Ressaltamos que quanto maior o tempo para aprendizagem, melhores resultados se obtém. Infelizmente a maioria dos candidatos nos procuram 1 ou 2 meses antes das provas práticas de Taquigrafia, e não há tempo hábil. Portanto, se você pretende entrar na área da Taquigrafia e ingressar na CLDF, a hora é agora. Faça já sua matrícula aqui no site mesmo!

______________________________________________________________________________________________________________

CONCURSO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SERGIPE - SAIU O EDITAL!!!

12/01/2018 - 8:32

16 vagas para a taquigrafia - 02  PNE - Nível médio!!!

Veja em:   www.segrase.se.gov.br

                                                                   

______________________________________________________________________________________________________________

CONCURSO CÂMARA DE SALVADOR - BA  MAIS VAGAS PARA TAQUÍGRAFOS!!!

A Câmara de Vereadores de Salvador, na Bahia abre concurso com 60 vagas para quadro de servidores de níveis médio e superior. Remuneração de até R$ 5.751,35.

Publicado em 28/12/2017 - 10h32

A Câmara de Vereadores de Salvador, na Bahia, torna pública a realização de concurso público de provas, regido pelo edital n.º 01/2017, para seleção de candidatos a cargos de níveis médio e superior. 

Os 60 contratados irão receber remunerações iniciais de R$ 4.575,44 ou R$ 5.751,35, conforme a vaga, e a organização do processo está por conta da Fundação Getúlio Vargas. 

Do total de vagas, 26 são de nível médio e 34 de nível superior, distribuídas para as seguintes carreiras, áreas e cargos, respectivamente: 

Carreira de Assistente  - cargos de Assistente Legislativo Municipal, Auxiliar em Saúde Bucal; e Carreira de Analista - os cargos estão distribuídos para as seguintes áreas/especializações: Área de Gestão de Pessoas - Controle Funcional, Administração de Pessoal, Desenvolvimento de Pessoas; Área de Licitação, Contratos e Convênios - Compras, Patrimônio e Materiais; Licitação, Contratos e Convênios; Área Administrativa - Serviços Gerais, Gestão da Qualidade; Área Financeira - Registros Contábeis e Orçamento, e Registros Contábeis, Liquidação, Financeiro; Área Legislativa - Informação Legislativa; Apoio de Plenário, Plenário, Apoio Técnico em Processos Legislativos, Protocolo de Processos Legislativos, Comissões, Redação Final, Expediente; Área de Tramitação - Analista de Tramitação; Área de Taquigrafia - Taquigrafia e Revisão (05 vagas); Área de Controladoria - Auditoria, Normas e Informações Gerenciais; Área do Gabinete da Presidência - Centro de Cultura; Memorial; Área da Mesa Diretora - Ouvidoria; Área deSecretaria de Cerimonial - Cerimonial; Analista de Tecnologia da Informação; Carreira de Especialista - cargos de Advogado Legislativo, Arquiteto, Engenheiro Civil, Assistente Social e Odontólogo.Apostilas Câmara de Salvador: 

Para efetuar sua inscrição, o interessado deverá acessar exclusivamente a página da FGV Projetos http://www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/cms2017  à partir de 04 de dezembro de 2017 até 10 de janeiro de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 55,00 ou R$ 95,00, de acordo com o cargo pretendido.

Provas A seleção para os cargos de nível médio será constituída apenas de prova escrita objetiva. Já os inscritos para os cargos de nível superior (exceto Analista/Taquigrafia/Taquigrafia e Revisão) se dará por meio de prova escrita objetiva e prova escrita discursiva. 

Por fim, os candidatos a Analista/Taquigrafia/Taquigrafia e Revisão farão prova escrita objetiva, prova escrita discursiva e prova prática. A prova prática de Taquigrafia será marcada posteriomente ao resultado oficial das provas objetiva e discursiva. Na data provável de 25 de fevereiro de 2018 será realizada a prova objetiva e discursiva, lembrando que a cidade de aplicação será somente Salvador. O prazo de validade do certame é de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

A prova prática de Taquigrafia deverá ser aplicada em maio/2018. O IGT está com turmas abertas para esse certame tanto presencial ou online. Ressaltamos que quanto maior o tempo para aprendizagem, melhores resultados se obtém. Infelizmente a maioria dos candidatos nos procuram 1 ou 2 meses antes das provas práticas de Taquigrafia, e não há tempo hábil. Portanto, se você pretende entrar na área da Taquigrafia e ingressar na carreira de Taquígrafo(a), a hora é agora. 

Faça já sua matrícula aqui no site mesmo!

__________________________________________________________________________________________________

Concurso CLDF: Casa divulga esclarecimento e tranquiliza candidatos!

De equipe Gran Cursos Online Postado em 16/12/2017 - 20:40

CLDF deverá realizar nova licitação para contratação da organizadora!

  Com o objetivo de tranquilizar os futuros candidatos e assegurar a continuidade do concurso para a Câmara Legislativa do Distrito Federal, a Mesa Diretora da Casa optou por acatar as sugestões do Tribunal de Contas do DF e, dessa forma, realizar as adaptações necessárias ao prosseguimento do certame. Cumpre informar que os candidatos não terão nenhum prejuízo, tendo em vista a manutenção do quantitativo de vagas oferecidas por esta Casa de Leis. O calendário do certame passará por adaptações que serão divulgadas oportunamente. A Mesa Diretora entende que as mudanças que serão realizadas são importantes para a segurança jurídica dos que vão participar do processo seletivo. Em conformidade com a orientação dos órgãos fiscalizadores, os aperfeiçoamentos serão feitos com celeridade. Não haverá, portanto, descontinuidade no processo de realização do concurso. Sobre a decisão do TCDF O Tribunal de Contas do DF (TCDF) determinou na tarde desta quinta-feira, dia 16 de novembro, por unanimidade, que a Câmara Legislativa do DF, no prazo de 30 (trinta) dias, anule a deliberação contida na Ata da 7ª Reunião da Mesa Diretora de 2017 da CLDF, que selecionou a FCC para a realização do concurso público para a Casa, bem como todos os atos posteriores dela decorrentes, inclusive o Contrato n.º 14/2017-CLDF e os Editais nºs 01/2017 a 05/2017, publicados. Com isso, o concurso CLDF 2017 para o provimento de 86 vagas deverá contar com uma nova licitação para escolher a entidade organizadora. Após isso, um novo edital CLDF será lançado, em cumprimento a todas exigências do TCDF. O imbróglio chegou à Corte em junho, por força de medida cautelar com pedido de paralisação do concurso apresentado pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino e Assistência à Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro (Funrio). A entidade alega que gostaria de ter se candidatado à organização do certame, mas sequer teve a proposta analisada pela Mesa Diretora. O TCDF acolheu parcialmente procedente a representação  A denúncia também foi levada à Justiça por outra empresa que queria organizar o concurso, a Quadrix. No entanto, a entidade teve pedido negado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), e também prejudicado o exame da representação formulada pelo Instituto no TCDF, por ter-se operado a preclusão lógica, ante os fatos concretos ocorridos supervenientemente aos pedidos a ela relacionados. Segundo a Comissão de Concursos da Câmara Legislativa, a Casa terá prazo de 30 dias para lançar o chamamento público para as bancas interessadas no certame. Nesta sexta-feira (17/11), o colegiado deve se reunir para definir a data. Assim, fica inviabilizada a aplicação das provas previstas para os dias 10 e 17 de dezembro.


O IGT está com turmas abertas para esse certame tanto presencial ou online (PDF). Ressaltamos que quanto maior o tempo para aprendizagem, melhores resultados se obtém. Infelizmente a maioria dos candidatos nos procuram 1 ou 2 meses antes das provas práticas de Taquigrafia, e não há tempo hábil. Portanto, se você pretende entrar na área da Taquigrafia e ingressar na CLDF, a hora é agora. Faça já sua matrícula aqui no site mesmo!

__________________________________________________________________________________________________


Nova estrutura organizacional da Alese é aprovada. Mais vagas para a Taquigrafia!!!


Concurso Alese - Assembleia-Se - 12/12/2017
Banca Fcc

Publicação do Edital: 12/01 Inscrições: 18/01 a 27/02/2018 Valor: 85,00 - nível médio 105,00 - nível superior 

Data das provas objetivas e discursivas: 22/04. 

Teremos vagas para técnico legislativo, taquígrafo (14 vagas), de nível médio. 

Como também, enfermagem (5), odontologia (3), contabilidade(2), direito (5), psicologia (1), Assistência social (2), engenharia civil (1), jornalismo (5), de nível superior. Fonte: Alese.

Temos curso de Taquigrafia online. Informações aqui no site ou no whatsapp 62 98305-7852 fale direto com o Professor Moacyr Moraes. Para sua comodidade, sua matrícula pode ser feita aqui no site mesmo.


Deputados votaram projeto nesta quarta-feira, 11/10/2017  16:42   -   04/11/2017

Nova estrutura organizacional da Alese foi aprovada pelos deputados. Os deputados estaduais aprovaram, por unanimidade, o projeto de consolidação da nova estrutura organizacional da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na sessão desta quarta-feira, 11. A propositura estabelece que a parte permanente dos cargos, ou seja, do novo quadro de funcionários, será dividida em analista e técnico legislativos, para níveis superior e médio de escolaridade, respectivamente.

O novo ordenamento já será adotado para a composição do edital do concurso público da Casa legislativa, e deverá ser integrado por 495 cargos, sendo 373 na parte permanente e 122 na parte suplementar. Para preenchimento via concurso, estão aptos 199 cargos vagos.

Para ensino superior completo, serão contemplados profissionais de direito, economia, administração, contabilidade, biblioteconomia, arquivologia, medicina, odontologia, enfermagem, assistência social, psicologia, arquitetura, engenharia civil e jornalismo. 

No caso de nível médio, serão abrangidos técnicos em taquigrafia e apoio técnico-administrativo. Os que hoje ocupam cargos na Alese integrarão a parte suplementar do quadro de funcionários, que ficará em processo de extinção com a aprovação do projeto e será efetivamente anulados com a realização do concurso público, ainda que alguns venham a ser mantidos. 

O presidente da assembleia legislativa de Sergipe, Luciano Bispo (PMDB) garantiu, em entrevista ao Portal Infonet no último dia 4, que o edital deverá ser publicado neste mês de dezembro ou início de 2018 e que as provas serão realizadas em 2018. Por Victor Siqueira

________________________________________________________________________________________________________________

Concurso Assembleia Legislativa RR (ALE RR): Edital anunciado, mais vagas para a taquigrafia!

 Gran Cursos Online  -  20/10/2017  - 15:17  -  31/10/2017

A Assembleia Legislativa de Roraima (Concurso ALE RR) realizará um novo concurso público com oferta de vagas para sua estrutura administrativa. O anúncio foi feito pelo presidente da casa, Jalser Renier (SD). A Definição do quantitativo de vagas será anunciado posteriormente com a formação da comissão interna. O edital do certame é aguardado para até o fim deste ano ou no máximo no início de 2018. No fim do ano passado foi sancionada a Lei nº 1.160, que dispõe sobre o plano de carreiras, cargos e salários do órgão. Segundo a lei, o Quadro de Pessoal Efetivo conta, no total, com 127 vagas providas e desprovidas em cargos nos níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior. Esse fato abre a possibilidade de haver concurso para o ano de 2017/18, já que 49 destas vagas estão desprovidas, ou seja, não estão ocupadas. De acordo com a lei, sete vagas foram extintas e 78 providas. 

Cargos para o novo concurso Assembleia Legislativa RR. O plano de cargos e salários possui sete cargos que exigem nível fundamental. São eles: auxiliar de serviços gerais, copeiro, fotógrafo, garçom, motorista, operador de áudio e telefonista. Contudo, com exceção das funções de copeiro e garçom, o restante teve vagas extintas. 

Exigem ensino médio ou médio/técnico os seguintes cargos: assistente legislativo, digitador, programador, repórter cinematográfico, repórter fotográfico, secretária, taquigrafo, técnico em Contabilidade, técnico em Edificações, técnico em Enfermagem, técnico em Informática, técnico em Manutenção e técnico em Segurança do Trabalho. 

Já os cargos que têm como requisito o nível superior são os seguintes: administrador, administrador legislativo, advogado, analista ambiental, analista de sistemas, assessor técnico legislativo, assistente social, biblioteconomista, contador, economista, enfermeiro, engenheiro civil, engenheiro elétrico, gestor público, jornalista, médico cardiologista, médico clínico geral, pedagogo, psicólogo, publicitário, relações públicas e cerimonial, revisor, secretário executivo bilíngue (Espanhol ou Inglês) e tradutor (Espanhol, Francês ou Inglês). 

Remunerações: A menor remuneração inicial para cargos que exigem ensino fundamental, de acordo com a nova lei, é de R$ 1.950,57, valor que chega a R$ 7.407,24 no fim da carreira. 

Já em cargos de nível médio, é possível receber entre R$ 3.065,24, no início, e R$ 11.640,24 no último patamar do plano.

Por fim, para as vagas de nível superior, a remuneração está entre os valores de R$ 5.789,82 e R$ 21.986,83, no fim, da carreira. 

Concurso: Assembleia Legislativa de Roraima (ALAP);

Banca organizadora: A definir;

Cargos: Diversos;

Escolaridade: Níveis fundamental, médio e superior;

Número de vagas: A definir;

Remuneração: Inicial de até R$ 5,7 mil;

Situação: ANUNCIADO;

Publicação do edital: 2017.

O IGT está com novas turmas preparatórias para esse certame. Não perca tempo e faça já sua matrícula. Temos curso o-line (PDF) ou presencial. Para sua comodidade, a sua inscrição pode ser feita aqui no site mesmo em qualquer horário. Ressaltamos que o concurso assembleia RR terá concorrência mínima para a taquigrafia. Essa é sua melhor chance!!! Para maiores informações, fale direto com o Prof. Moacyr Moraes no whatsApp: 62 998305-7852.

Fixo: 62 3093-2850 ou 62 99685-0242 (vivo).

______________________________________________________________________________________________________________



Concurso TRF 1 terá inicial de até R$ 14 mil! Mais vagas para a Taquigrafia!!!!

Gran Cursos Online

04/09/2017 - 19:58:12

O novo concurso para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (Concurso TRF 1 2017) oferecerá 21 vagas imediatas, sendo a maioria delas para técnicos (nível médio) e as demais para analistas judiciários (superior). Além disso, 6.798 candidatos podem fazer parte do cadastro para convocações ao longo do prazo de validade, que será de dois anos, podendo dobrar. É o que informa o projeto básico que efetivou o Cebraspe organizador do certame. 

O certame vai oferecer vagas para analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio), além da formação de cadastro reserva para a sede, que fica em Brasília/DF, e para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Os vencimentos são de R$ 9.736,27 (analista) e de R$ 5.934,16 (técnico). 

Etapas concurso TRF 1 2017 - As provas objetivas do concurso TRF 1 2017 para o nível superior serão compostas por questões de Conhecimentos Gerais e Específicos, além de Redação. Os candidatos a especialidade de taquigrafia realizarão prova prática. Já para os técnicos, serão aplicadas questões de Conhecimentos Gerais e Específicos. As disciplinas não constam do projeto básico. Os especialistas em segurança e transporte realizarão exames de capacidade física e os candidatos a especialidade de taquigrafia realizarão prova prática. 

As provas do concurso TRF 1 2017 serão realizadas nas capitais dos estados que compõem a 1ª Região, e o candidato somente poderá realizar a prova em uma das cidades.  

Detalhes do concurso TRF 1 2017: Tribunal Regional Federal da 1ª Região (Concurso TRF 1 2017)Banca Examinadora: Cebraspe, Total de Vagas: 21  + CR. Remuneração: Até R$ 14 mil . Taxa de Inscrição: A definir.  Datas de Inscrição: em breve Data da Prova: A definir. Região: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima, Tocantins e o Distrito Federal. Escolaridade: Médio, Superior. Área: Fiscal, Judiciária, Administrativa.

Edital IMINENTE


06/09/2017 - Saiu o edital!!! veja no link abaixo:

www.cespe.unb.br



13/09/2017 - 09:28

As inscrições para o concurso público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região iniciam nesta quarta-feira (13). São 20 vagas e formação de cadastro de reserva para cargos de técnico nível médio e analista judiciário nível superior, com salários de R$ 6.376,41 e R$ 10.461,90, respectivamente. 

O TRF1 abrange o Amazonas, Distrito Federal, Acre, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.


As inscrições podem ser feitas a partir de hoje até as 18h do dia 3 de outubro, no horário de Brasília, através do site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), denominado Cespe/UnB,  www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor. As taxas de inscrição são de R$ 86 para analista judiciário e R$ 75 para técnico.

As vagas de analista judiciário são para as áreas administrativa, judiciária, judiciária na especialidade de oficial de justiça avaliador federal e apoio especializado nas especialidades de informática e taquigrafia. Já as vagas de técnico judiciário são nas áreas administrativa, administrativa na especialidade de segurança e transporte, e apoio especializado na especialidade taquigrafia. Do total de vagas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros. As provas objetivas para os níveis médio e superior, e a prova discursiva específica para o nível superior, serão realizadas, ambas, no dia 26 de novembro de 2017 nas seguintes cidades: Manaus, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luís e Teresina. 

A prova prática de apanhamento taquigráfico, a prova de aptidão física, a verificação para as vagas de negros e a perícia médica das pessoas com deficiência também serão realizadas nas cidades descritas acima. O prazo de validade do concurso é de dois anos.


Não perca tempo, faça sua matrícula aqui mesmo no site!

_____________________________________________________________________________________________


CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL - SAIU O EDITAL!!!

21/08/2017 - 6h45

Salário de R$ 15.875,40. Prova prática de Taquigrafia dia 19/05/2018.

Veja o edital em:

www.concursosfcc.com.br


Faça já sua matrícula para o curso de taquigrafia. Preparatório exclusivo para a CLDF, TST e TRF1. 

_______________________________________________________________________________________________________________

05/08/2017 - 10:13:01 - Folha Dirigida

Edital do concurso TST está pronto e sai na segunda, 7.

O Presidente do TST, Ministro Ives Gandra Martins Filho, autorizou o edital do concurso TST 2017 para servidores, na última sexta feira, 04 de agosto. A confirmação ocorreu por meio de uma publicação no facebook do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que postou uma foto do Ministro assinando o documento. O edital foi encaminhado para publicação e deve ser publicado nesta segunda feira, 7. O concurso TST 2017 terá vagas para técnicos e analistas judiciários ( TAQUÍGRAFOS(as) ), que contam com atrativas remunerações de R$ 7.260,41 e R$ 11.345,90, respectivamente.

O IGT está com matrículas abertas para novas turmas à iniciantes, tanto presencias ou online (PDF). Confira uma promoção incrível que preparamos para você. Você pode fazer sua inscrição aqui no site mesmo, não perca tempo, faça já sua matrícula!!!


EM TEMPO: De acordo com o jornal "folha dirigida" publicou hoje (07/08) as 18:11, o edital foi adiado para quarta feira 09/08/2017. Vamos aguardar!!!!

SAIU O EDITAL!!!! 

www.concursosfcc.com.br

______________________________________________________________________________________________________________

03/08/2017 - 14:14:33 - Estratégia concursos

Concurso TST: edital deve ser publicado até a próxima semana, garante o presidente do TST


O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra Filho, informou nesta terça-feira, 1º de agosto, que o edital do concurso TST deve ser publicado até a próxima semana. O certame deve ofertar vagas para os cargos de Técnico a Analista Judiciário. A informação foi dada nesta terça, e divulgada no site do TST. O presidente falou durante uma sessão extraordinária que aconteceu no plenário do Órgão Especial. Ives Gandra chamou o segundo semestre de “desafiador” frente às mudanças legislativas e prometeu a publicação do edital nos próximos dias.

“Esta semana, ou mais tardar até semana que vem, vamos publicar o edital de abertura do concurso para servidores do TST. Tanto para Analista Judiciário(Taquigrafia) quanto para Técnico Judiciário. Com as aposentadorias e as seguidas reduções do nosso quadro que têm acontecido ao logo dos anos, estamos com uma defasagem, por gabinete, de cerca de quatro ou cinco servidores, fora as demais áreas do Tribunal e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho…”, assinalou. “O concurso vem atender essa demanda”, declarou o presidente do TST.

______________________________________________________________________________________

14/07/2017

Concurso TST: edital não deve demorar.

Publicado em 13/07/2017 às 15:46:01 - Folha dirigida

O edital do concurso TST 2017, do Tribunal Superior do Trabalho, para os cargos de técnico e analista judiciário (níveis médio e superior) deve ser liberado em agosto. No processo de licitação, a fundação Carlos Chagas (FCC) foi a escolhida como a organizadora.

O Tribunal ainda não divulgou o motivo para o atraso da liberação do edital, previsto desde março. Nesse momento, os interessados devem aproveitar esse tempo para intensificar os estudos e a preparação. Todas as vagas serão para Brasília, onde fica a sede do Tribunal.

A carreira de analista tem remuneração de R$ 11.345,90, nas especialidades Administrativas, Judiciária, Contabilidade, Análise de sistemas, Suporte em Tecnologia da informação e TAQUIGRAFIA. O regime de contratação será o estatutário, que garante estabilidade. O prazo de validade do concurso TST 2017 é de dois anos, podendo dobrar. A expectativa é de muitas contratações.

O IGT está com matrículas abertas para novas turmas à iniciantes, tanto online (PDF) ou presencial. Clique em informações no menu acima e confira os horários disponíveis para aulas presenciais.

_________________________________________________________________________________________________

23/06/2017

STJ-DF - Superior Tribunal de Justiça realizará concurso em breve!

A Taquigrafia poderá ser contemplada com 14 vagas, aguarde mais informações.

Quer se preparar para este concurso? Então faça já a sua matrícula!

_________________________________________________________________________________________________

13/06/2017

Concurso TST: Contratada banca e edital este mês!

      Saiu no Diário Oficial da União (DOU), da edição desta terça-feira (13), que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) assinou o contrato de prestação de serviços com a banca organizadora do seu próximo concurso, que é a Fundação Carlos Chagas. Como o órgão tem o intuito de lançar o certame ainda em junho, devem faltar poucos detalhes para concluir o edital, que contemplará oportunidades para os cargos de técnico e analista. O posto de técnico se destina a quem possui ensino médio completo, sendo que determinadas áreas podem exigir curso técnico. A remuneração inicial corresponde a R$ 6.167,99. Para analista será necessário ter formação superior e, dependendo da especialidade, diversos cursos serão aceitos. O vencimento oferecido pelo TST equivale a R$ 10.119,93. No caso do cargo de técnico, o concurso do TST contemplará chances nas áreas administrativa, administrativa/segurança judiciária e apoio especializado/programação. Já para analista haverá ofertas nas especialidades judiciária, administrativa, apoio especializado/contabilidade, apoio especializado/análise de sistemas, apoio especializado/suporte em tecnologia da informação e apoio especializado/taquigrafia. A triagem dos participantes consistirá na aplicação de provas objetivas, testes discursivos, exames práticos e/ou redação, de acordo com a especialidade. Todas as avaliações ocorrerão somente em Brasília, no Distrito Federal.

Prepare-se já para este concurso! Venha fazer parte da família IGT!!



07/06/2017

Concurso TST 2017: edital sairá pela FCC

      Já autorizado e com banca organizadora definida, sai nos próximos dias o edital de abertura do aguardado concurso público do Tribunal Superior do Trabalho (concurso TST 2017). Segundo o diretor de Gestão de Pessoas do Tribunal, José Railton Silva Rego, o projeto do concurso já está finalizado e a banca que coordenará as etapas do certame foi definida por meio de dispensa de licitação publicada no Diário Oficial da União de 13 de abril. A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi escolhida. Em dezembro do ano passado, o presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, já havia anunciado a realização de novos concursos em 2017 para os cargos de Técnico e Analista Judiciário e o primeiro concurso nacional na magistratura trabalhista. De acordo com declaração feita por José Railton Silva Rego, a seleção de 2017 abrirá vagas nas funções de Técnico na área Administrativa, na área de Segurança Judiciária e na área de Programação; e para Analista nas áreas Judiciária, Administrativa, Contabilidade, Análise de Sistemas, Tecnologia da Informação e Taquigrafia. O cargo de Técnico Judiciário exige formação de nível médio na área administrativa ou técnico nas demais especialidades e tem salário inicial fixado em R$ 6.180,00. O cargo de Analista é reservado a candidatos de escolaridade superior em diversas áreas de formação e tem salários iniciais de R$ 10 mil. A jornada de trabalho das funções é de 40 horas por semana. Até 2019, os servidores do judiciário terão reajustes escalonados que somarão 41%, conforme projeto já sancionado pelo Presidente Michel Temer.


Tá esperando o que? Matricule-se agora mesmo no IGT! Clique aqui e confira nossos preços e promoções!


02/06/2017

Banca do concurso da CLDF com 86 vagas será divulgada na próxima quarta-feira!


      A Mesa Diretora da Câmara Legislativa deve definir, na próxima quarta-feira (7), a instituição que vai realizar o concurso público da CLDF, que terá 86 vagas. Ao anunciar a realização do certame ontem (1°) a Casa informou duas vagas a mais do que constarão no edital. As 86 vagas serão distribuídas entre cargos de nível médio e superior (várias formações), como consultor legislativo (TAQUÍGRAFOS(AS)), consultor técnico-legislativo e procurador. O salário inicial (incluindo gratificações) para nível médio é de R$ 10.143,07, e nível superior, R$ 15.123,30.

      A banca responsável pela realização do concurso será contratada sem custos para a CLDF. As propostas de três empresas já estão sendo analisadas pela Procuradoria-Geral da Casa. Após a definição e a publicação da entidade organizadora no Diário da Câmara Legislativas, bem como a assinatura do contrato, a escolhida terá 15 dias úteis para elaborar o edital, seguindo projeto básico estabelecido pela comissão interna da Casa. A expectativa é de que o edital seja lançado ainda este mês. Todo o processo de planejamento e organização do certame observa as normas que regulam a realização de concursos públicos. Assim como estabelece a Lei Geral de Concursos, as provas para o preenchimento de vagas da Câmara Legislativa obedecerão ao prazo mínimo de 90 dias após o lançamento do edital.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


08/06/2017


      CLDF retifica informação e só anunciará banca para concurso em 15 dias! Secretaria-Geral disse que primeira informação estava incorreta e ainda estão sendo analisadas propostas para a escolha de instituição. Quem está ansioso para prestar o concurso da Câmara Legislativa terá que esperar mais um pouco para saber qual será a banca examinadora. Diferentemente do que foi publicado pelo site da CLDF na última sexta-feira (2/6), a empresa que realizará o certame não foi anunciada na quarta-feira (7). A Secretaria-Geral da Casa retificou a informação e disse que só em 10 ou 15 dias será possível conhecer a banca vencedora. O motivo do desencontro é que ainda estão sendo feitas instruções ao processo e somente depois de todas as etapas a análise será levada para deliberação da Mesa Diretora.

MAIS SOBRE O ASSUNTO: Câmara Legislativa reduz número de vagas para concurso de 88 para 86. CLDF vai oferecer 88 vagas em concurso com salário de até R$ 15 mil.  O desencontro de informações começou ainda com a divulgação do número de vagas. Em princípio, foram anunciadas 88 e, em seguida, a quantidade foi reduzida para 86.

      Para os concurseiros, saber quem aplicará as provas é importante, porque aponta o padrão e formato que as questões e os gabaritos terão, como o peso de erros e acertos no preenchimento dos mesmos. Outros interessados são os cursinhos preparatórios, pois os professores elaboram suas aulas levando em conta as peculiaridades de cada banca. A banca responsável pela realização do concurso será contratada sem custos para a CLDF, segundo a Casa. As propostas de três empresas já estão sendo analisadas pela Procuradoria-Geral da Câmara. Após a definição e a publicação da entidade organizadora no Diário da Câmara Legislativa, bem como a assinatura do contrato, a escolhida terá 15 dias úteis para elaborar o edital, seguindo projeto básico estabelecido pela comissão interna da Casa. A expectativa é de que o edital seja lançado ainda este mês. As 86 vagas serão distribuídas entre cargos de nível médio e superior (várias formações), como consultor legislativo, consultor técnico-legislativo e procurador. O salário inicial (incluindo gratificações) para nível médio é de R$ 10.143,07, e nível superior, R$ 15.123,30.  A CLDF disse que todo o processo de planejamento e organização do certame observa as normas que regulam a realização de concursos públicos. Assim como estabelece a Lei Geral de Concursos, as provas para o preenchimento de vagas da Câmara Legislativa obedecerão o prazo mínimo de 90 dias após o lançamento do edital.

Venha estudar conosco, faça sua matrícula, é só CLICAR AQUI


29/05/2017

Concurso TST 2017: banca  confirmada! PREPARE-SE!


      Concurso TST tem oferta confirmada para nível médio e superior! Inicial de até R$ 12 mil! Mais uma excelente notícia para quem pretende prestar o concurso para o Tribunal Superior do Trabalho (Concurso TST). O órgão publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira, dia 13 de abril de 2017, a dispensa de licitação confirmando a Fundação Carlos Chagas está confirmada como entidade organizadora. Acredita-se que, agora, após a assinatura do contrato, previsto para os próximos dias, o edital TST saia dentro de poucas semanas, adiantando o prazo informado pela secretária do órgão (2º semestre).

      Na tarde da última terça (11) o Concurso TST também teve outro avanço importante. É que o tribunal divulgou um Boletim Interno  - nº 14 - que circulará nesta quarta-feira, dia 13 de abril de 2017, a comissão que irá analisar e aprovar os procedimentos do certame. Ao todo, os ministros terão auxílio de cinco servidores de carreira:

1.   Nordano César Costa Santos, Chefe de Gabinete da Secretaria-Geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho;

2.   Adriana Medeiros, Secretária da Subseção II Especializada em Dissídios Individuais;

3.   Ekaterini Sofoulis Hadjirallis Morita, Supervisora da Seção de Seleção e Carreira;

4.   Caio César Castilho de Souza Pereira, Chefe de Gabinete, representante de Gabinete de Ministro;

5.   Adriana Maria da Silva Vieira, Coordenadora de Informações Funcionais.

      Essa é uma ótima oportunidade para os concurseiros/as que desejam ingressar no judiciário trabalhista. Vale destacar que o TST é instância mais elevada de julgamento para temas que envolvem o direito do trabalho no Brasil. 

-   Validade último concurso TST:

      O último concurso TST para as carreiras de apoio ocorreu em 2012, com homologação do resultado final no mesmo ano. Como o prazo de validade foi prorrogado por mais dois anos, em outubro de 2014, venceu em outubro de 2016. Assim sendo, o edital TST é iminente.

-   Cargos confirmados:

1.   Analista Judiciário - Área Judiciária:

Requisitos: diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: prestar assistência em questões que envolvam matéria de natureza jurídica emitindo informações e pareceres; proceder aos estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina para fundamentar análise de processo e tomada de decisão; suporte técnico e administrativo aos magistrados e/ou órgãos julgadores; redação, digitação e conferência de expedientes diversos; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.

2.   Analista Judiciário - Área Administrativa:

Requisitos: diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: prestar assistência em questões que envolvam matéria de natureza administrativa emitindo informações e pareceres; examinar e elaborar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos de informações; entre outras.

3.   Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Taquigrafia:

Requisitos: diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar o apanhamento taquigráfico de sessões e outros eventos determinados pela Presidência ou pela Secretaria-Geral Judiciária; executar as ligações dos “quartos” de serviço, incluir as leituras e proceder a revisão; entre outras.

4.   Técnico Judiciário - Área Administrativa:

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: prestar suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais, magistrados e órgãos judicantes; executar trabalhos de redação e digitação de natureza variada, revisando-os antes de sua entrega definitiva; entre outras.

5.   Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Segurança Judiciária:

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E.

Atribuições: atuar na segurança pessoal dos senhores Ministros e outras autoridades, em âmbito interno, com vistas a assegurar a integridade física; realizar investigações preliminares; entre outras.

-   Provas:

1.   Analista Judiciário:

Provas objetivas (questões divididas em conhecimentos básicos - entre 50 e 100 itens - e específicos - entre 70 e 100 itens); discursiva (sobre os conhecimentos específicos aplicados) e prática para o cargo de Analista Judiciário, Área Apoio Especializado, Especialidade Taquigrafia.

2.   Técnico Judiciário:

Provas objetivas (questões divididas em conhecimentos básicos - entre 50 e 100 itens - e específicos – entre 70 e 100 itens) e redação para o cargo de Técnico Judiciário, Área Administrativa, e prova prática de aptidão física para a Especialidade Segurança Judiciária. As provas serão aplicadas em horários distintos para os cargos de nível médio e superior, de forma a permitir a participação de um mesmo candidato em ambos os processos seletivos.


      O conteúdo programático deverá levar em consideração o detalhamento a ser apresentado por comissão constituída pelo TST.


-   Remunerações:

      É uma excelente oportunidade para candidatos com nível médio completo, nível superior em qualquer áreas e áreas especializadas que desejam seguir carreira em um tribunal de grande destaque no cenário nacional, pois os iniciais são de R$ 7 ou R$ 12 mil em início de carreira, valores atualizados e que valerão a partir do segundo semestre. O valor de uma Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades serão de R$ 11.007, somado aos auxílios-alimentação e saúde, chegam a R$ 11.921, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho. O valor de um Técnico Judiciário é de R$ 6.709, somados aos mesmos benefícios básicos, é de R$ 7.893, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho.

      Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho deste ano pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701.

-   Jornada de Trabalho dos aprovados no concurso TST:

      Os editais preveem 40 horas semanais, mas você pode trabalhar apenas 35h semanais se fizer 7h corridas, sem intervalo para o almoço. A definição do horário de entrada e saída é flexível, e varia conforme o setor de lotação. 

-   Lotação dos aprovados no concurso:

      Os recém-concursados são lotados em Brasília/DF.

-   Organizadora e etapas do concurso:

    Os concursos do TST são tradicionalmente realizados pela FCC e Cespe/UnB. As seleções compreendem prova objetiva e discursiva. Além desta etapa, o certame conta com investigação social e funcional, prova de capacidade física para técnico de segurança, e teste prático para especialidade de taquigrafia, exigindo dos candidatos um altíssimo nível de preparação e um estudo pré-edital de muita dedicação.


Fonte: Gran Cursos


22/05/2017

Edital concurso TST 2017 é aguardado por milhares de concurseiros


      Cresce a expectativa pela publicação do edital concurso TST 2017! A própria assessoria do órgão já confirmou que existe uma grande chance do edital ser publicado em JULHO de 2017 (95%). Ainda não foi definida a quantidade de vagas, mas é provável que sejam centenas de oportunidades para nível médio e superior.

     O que deve acelerar (e muito) a publicação do edital concurso TST 2017 é que a banca organizadora já foi definida. Será a Fundação Carlos Chagas, mais conhecida como FCC. Essa, que é uma banca de dificuldade média/alta, aplica provas no estilo múltipla escolha, com 5 alternativas cada questão. É uma banca tradicional em concursos de tribunal. A FCC já realizou dezenas de concursos de TRE, TRT, TJ e TST pelo Brasil. Por esse motivo, é essencial você focar o seu estudo em questões anteriores da FCC para concursos de tribunais.

-   Remuneração: É essencial você saber a remuneração do concurso, pois assim terá uma motivação a mais para estudar, além da estabilidade do serviço público. Como o TST é um órgão federal, a remuneração é bastante atrativa. Confira:

-   Técnico Judiciário: R$ 6.709

-   Analista Judiciário - Taquígrafos(as): R$ 11.007

      O servidor do TST ainda conta com diversos auxílios como vale alimentação e saúde, que podem fazer as remunerações alcançarem mais de R$7 mil para nível médio e mais de R$12 mil para nível superior.

-   Cargos de Taquígrafos(as) previstos: Analista judiciário com especialização em Taquigrafia. Os requisitos são: diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Atribuições: executar o apanhamento taquigráfico de sessões e outros eventos determinados pela Presidência ou pela Secretaria-Geral Judiciária; executar as ligações dos “quartos” de serviço, incluir as leituras e proceder a revisão; entre outras.


09/05/2017

CONCURSO TST 2017: APROVADO PROJETO PARA CERTAME!


      Excelente notícia para quem aguarda a abertura do concurso do Tribunal Superior do Trabalho (Concurso TST 2017). Acontece que o órgão divulgou o projeto básico do concurso com todos os detalhes do próximo certame.

-   DOS CARGOS: O concurso vai contar com oportunidades para Analista Judiciário nas áreas Judiciária, Administrativa, Apoio Especializado - Contabilidade, Apoio Especializado - Analista de Sistemas, Apoio Especializado - Suporte em Tecnologia da Informação, Apoio Especializado - Taquigrafia; e Técnico Judiciário nas áreas Administrativa, Segurança Judiciária e Programação. Ainda de acordo com o projeto básico, o certame será realizado com etapa única de caráter classificatório e eliminatório, sendo: Analista Judiciário - Provas objetivas (questões divididas em conhecimentos básicos - entre 50 e 100 itens - e específicos - entre 70 e 100 itens); discursiva (sobre os conhecimentos específicos aplicados) e prática para o cargo de Analista Judiciário, Área Apoio Especializado, Especialidade Taquigrafia. Técnico Judiciário - Provas objetivas (questões divididas em conhecimentos básicos – entre 50 e 100 itens – e específicos – entre 70 e 100 itens) e redação para o cargo de Técnico Judiciário, Área Administrativa, e prova prática de aptidão física para a Especialidade Segurança Judiciária. 

      O TST espera publicar o edital neste mês e realizar as provas no mês de junho de 2017. A Secretaria de Comunicação Social do TST prefere a cautela e informa que a previsão é de divulgação do edital este semestre. O projeto básico do TST também revela as previsões de aplicação das provas, bem como suas estruturas. Com o edital saindo em março, os exames seriam aplicados em junho. Como houve atraso na abertura do concurso, as avaliações deverão acontecer em julho, 60 dias após a divulgação do edital, provavelmente este mês. As provas serão aplicadas em horários distintos para os cargos de níveis médio e superior, permitindo a concorrência para dois cargos.

-   SALÁRIOS E BENEFÍCIOS: Além da tão sonhada estabilidade, os candidatos que ingressarão no órgão vão contar com excelentes salários e benefícios. Os Analistas Judiciários farão jus ao salário de R$ 4.865,35, além da Gratificação Judiciária (GAJ) no valor de R$ 5.254,28, o que totaliza a remuneração de R$ 10.119,93; Já os técnicos farão jus ao salário de R$ 2.965,38, além da Gratificação Judiciária (GAJ) no valor de R$ 3.202,61, totalizando a remuneração de R$ 6.167,99.

-   ÚLTIMO CONCURSO: O último concurso do TST aconteceu em 2012, mesmo ano que ocorreu a homologação do resultado. A validade do certame foi de dois anos, com possibilidade de prorrogação por dois anos, conforme foi feito. Com isso, a validade do certame venceu em outubro de 2016. Os aprovados são lotados em Brasília (DF).


Fonte: Focus Concursos


08/05/2017

Concurso do TST: presidente do órgão pede urgência na aprovação de projeto que cria 270 cargos


      O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra Martins Filho, pediu urgência na aprovação de um projeto que cria novos cargos para a corte do tribunal (concurso TST). O projeto, que tramita atualmente na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, prevê a criação de 270 cargos de analista judiciário e área jurídica, e mais 54 cargos em comissão de assessor de ministro, segundo o que publicou a Isto é!. O projeto pode aumentar o número de oportunidades que serão ofertadas no novo concurso do TST. O quantitativo de vagas ainda não foi divulgado, mas conforme o projeto básico do certame que foi divulgado no início do mês, prevê-se que pelo menos 1440 candidatos sejam classificados em nove especialidades contempladas pelo concurso, conforme o documento. Como o concurso ainda está em fase inicial e existe projetos em trâmite para a criação de novos cargos, o número de vagas pode mudar. E não é por acaso, afinal ao longo da validade do concurso de 2012 foram convocados 838 candidatos para tomar posse, e no penúltimo concurso (2007) foram mais de 1.000 convocados! Segundo o projeto básico, serão vagas para analista judiciário nas áreas judiciária, administrativa, contábil, análise de sistemas, tecnologia da informação e taquigrafia, para candidatos em nível superior. A justificativa para a realização de um novo certame se dá devido a existência de cargos vagos no órgão, bem como servidores do quadro pessoal da secretaria do TST estarem com requisitos para aposentadoria. A previsão é que as provas devam acontecer em Brasília-DF.

-   Vagas já autorizadas para o concurso: TST O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ministro Ives Gandra, já havia publicado um documento informando que existem 74 vagas já autorizadas para a contratação de servidores no próximo concurso TST. Como o próprio documento diz, essas 74 vagas já podem ser utilizadas em 2017. Como não há mais concurso vigente desde janeiro, fica evidente que elas só poderão ser preenchidas mediante a realização de um novo concurso. De acordo com o documento, essa autorização constava do Orçamento de 2015 e 2016, mas não houve preenchimento desses quantitativos naqueles anos.

-   Estrutura da Prova: O certame será realizado em etapa única de caráter classificatório e eliminatório. Para o cargo de Analista Judiciário, haverá uma prova objetiva, com questões divididas em conhecimentos básicos (entre 50 e 100 itens), e específicos, (entre 70 e 100 itens); além de uma prova discursiva (sobre os conhecimentos específicos aplicados).  Apenas para o cargo de Analista Judiciário, na especialidade Taquigrafia, haverá prova prática. Já para os cargos de Técnico Judiciário, serão realizadas provas objetivas, com questões divididas em conhecimentos básicos (entre 50 e 100 itens), e específicos (entre 70 e 100 itens). Além disso, a haverá uma redação para o cargo de Técnico Judiciário, da Área Administrativa, e prova prática de aptidão física para o cargo com a Especialidade Segurança Judiciária.

Fonte: Estratégia concursos LTDA


10/04/2017

TRIBUNAL JÁ INICIOU OS PREPARATIVOS DO CONCURSO DE 2017!

Segundo José Railton Silva Rego, diretor de Gestão de Pessoas do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o órgão já iniciou os preparativos do concurso 2017 para cargos de níveis médio e superior, cujo o edital está previsto para ser publicado em março. De acordo com ele, o TST já está elaborando o projeto básico da seleção, que deve ser concluído este mês, para que a organizadora seja contratada.

O diretor do Tribunal Superior do Trabalho informou que o concurso será destinado as mesmas áreas da seleção realizada em 2017, exceto a área de Medicina do Trabalho, no caso do analista. Sendo assim, o processo seletivo irá ofertar vagas para técnico das áreas administrativa (nível médio), segurança judiciária (médio ou médio/técnico + CNH na categoria D ou E) e programação (médio ou médio/técnico + curso de Programação com, no mínimo, 120 horas/aula). 

E para analista, as oportunidades serão para as áreas Administrativa (ensino superior em qualquer área), Judiciária (graduação em Direito), Contabilidade, Análise de Sistemas, Suporte em Tecnologia da Informação e Taquigrafia (nível superior em qualquer área). 

A remuneração mensal para o cargo de técnico é de R$8.535,24 e para analista judiciário é de R$13.399,17. O quantidade de vagas do concurso ainda não foi divulgado.

-----------

O IGT está com matrículas abertas para a formação de novos Taquígrafos(as). Clique aqui e faça já a sua inscrição!



10/03/2017

CONCURSO EM PAUTA PARA A CÂMARA MUNICIPAL DE VILA VELHA/ES

Imagem 59

Concurso contará com 21 oportunidades, com opções em todos os níveis, com iniciais até R$ 3,7 mil.

Continua em pauta a realização do novo concurso público da  Câmara Municipal de Vila Velha,no Espírito Santo. Segundo informações obtidas junto ao setor de recursos humanos da casa, o edital de licitação para escolha da banca organizadora continua em fase de análise por parte da Procuradoria do Município, ainda sem data prevista para divulgação. Mas a intenção é de que o certame ocorra ainda este ano. Aguardado desde o final de 2015, a seleção deve contar com uma oferta de 21 vagas, distribuídas por diversos cargos, com opções para quem possui níveis fundamental, médio e superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.078,65 a R$3.786,75.

O certame é esperado desde 14 de dezembro de 2015, quando os vereadores aprovaram, em regime de urgência, o projeto de lei 2991/2015, que remaneja R$ 100 mil do orçamento para cobrir despesas para a realização do concurso. “No início deste ano (2015) nomeamos uma comissão de estudos que realizou toda a reestruturação da Câmara, de acordo com a nova realidade. Como restou comprovada a demanda por concurso, agora estamos finalizando os procedimentos para lançarmos o edital. Serão preenchidas vagas para suprir posições deixadas pelos servidores do legislativo que se aposentaram desde 1992, quando foi realizado o último concurso”, disse o presidente da Câmara, Ivan Carlini. Ensino Fundamental A distribuição das vagas ainda deve ser confirmada, mas os cargos,com respectivos salários e exigências, já estão definidos. 

Quem possui ensino fundamental poderá concorrer aos cargos de motorista (com inicial de R$ 1.147,50), telefonista (R$ 1.124,55), auxiliar de serviços gerais(R$ 1.078,65) e vigilante noturno (R$ 1.078,65).

Ensino Médio Para ensino médio: taquígrafo parlamentar I (R$ 2.953,67), assessor legislativo (R$ 2.953,67), programador de sistemas (R$ 2.953,67),operador (R$ 2.953,67), redator de atas legislativas (R$ 2.246,81),digitador (R$ 2.246,81), assistente legislativo (R$ 2.246,81) e auxiliar de coordenação legislativa (R$ 2.044,85). 

Nível Superior Por fim, para nível superior: procurador legislativo (R$ 3.786,75),taquígrafo parlamentar II (R$ 3.736,26), controlador interno (R$3.786,75), auditor interno (R$ 3.876,75) e analista de contas (R$3.079,89). Para todos os cargos, a jornada de trabalho será de seis horas diárias.

O IGT está com matrículas abertas para a formação de novos Taquígrafos(as). Clique no link acima e faça já a sua inscrição!

Fonte: JC Concursos


12/02/2017

CONCURSO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO (TST) DF

Imagem 65

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) anunciou que divulgará em breve um novo edital para a realização de concurso público no ano de 2017. O edital ofertará oportunidades para técnicos e analistas e é uma excelente chance para quem deseja ingressar no serviço público federal, com direito a uma boa remuneração e a tão almejada estabilidade. O concurso TST foi anunciado em dezembro de 2016 pelo presidente do órgão, ministro Ives Gandra Martins Filho e ratificado na segunda-feira, dia 9 de janeiro de 2017, pelo diretor de gestão de pessoas do TST,  José Railton Silva Rego. De acordo com ele, o edital TST tem previsão de ser publicado em março. No planejamento do órgão, a minuta desse documento deverá ficar pronta até o próximo mês, quando o TST pretende contratar a banca. De acordo com a declaração feita por José Railton Silva Rego, a seleção de 2017 abrirá inúmeras vagas e, dentre elas, vagas para Taquígrafos(as)! Concurso TST 2017: Edital para nível médio e superior é anunciado para março! Até R$12 mil.

Excelente notícia para quem aguarda a abertura de concurso do Tribunal Superior do Trabalho (Concurso TST 2017). O edital do certame, que contará com vagas para os cargos de analista e técnico judiciário, requisito de nível superior e médio, respectivamente, será divulgado até março. A informação foi dada pelo diretor de Gestão de Pessoas do TST, José Railton Silva Rego. De acordo com o diretor, o projeto básico do Concurso TST 2017 já está sendo elaborado com objetivo de escolher a empresa que organizará a seleção. O órgão tem expectativa do documento ficar pronto até fevereiro, quando o TST pretende contratar a banca organizadora. Por fim, José frisou que o concurso contará com as mesmas áreas do último concurso, realizado em 2012, apenas com exceção do cargo de Medicina do Trabalho. Sendo assim, o concurso do TST para os cargos de Técnico e Analista Judiciário está confirmado. A informação de realização de um novo concurso público também já foi anunciada pelo presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho. Em  sessão no dia 19 de dezembro, o magistrado fez um balanço de 2016 e destacou os projetos para o próximo ano. E o concurso é uma das pautas (veja abaixo). De acordo com o site oficial, em 2017 o presidente do TST acredita que a Justiça do Trabalho terá mais tranquilidade fiscal para desempenhar suas atividades, mesmo com a aprovação do teto dos gastos. O ministro destacou a assinatura do Convênio Nacional de Remuneração de Depósitos Judiciais com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, com vistas a dobrar o valor da remuneração anual da JT decorrente dos depósitos, passando de 0,6% para 0,13%. A remuneração passará de R$ 460 milhões para R$ 750 milhões, estabelecendo o orçamento para o próximo ano em R$ 20,1 bilhões. O ministro ressaltou que ainda negocia a reclassificação dos depósitos judiciais como extra-teto para facilitar o acesso aos recursos. O Concurso TST 2017 Com a intenção do presidente do TST em realizar o concurso público, cresce a expectativa dos cargos que serão divulgados, assim como os salários e benefícios de cada função. O concurso deve contar com oportunidades para:

- Técnico Judiciário: Área Administrativa;

- Técnico Judiciário: Área de Segurança Judiciária, ambos com exigência de nível médio completo.

Além disso, somente para a especialidade de Segurança será exigido a Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E. Já para nível superior as chances são para:

- Analista Judiciário: Área Judiciária (nível superior em Direito);

- Analista Judiciário: Área Administrativa (nível superior em qualquer área);

- Analista Judiciário: Área de Taquigrafia (nível superior em qualquer área).

Salários e Benefícios Além da tão sonhada estabilidade, os candidatos que ingressarão no órgão vão contar com excelentes salários e benefícios. De acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho de 2016 pelo governo, serão reajustados o salário-base e gratificação de atividade judiciária (GAJ). Com o aumento, a remuneração base para Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades chegarão a R$ 11.007,00. Os candidatos ainda terão direito aos benefícios de auxílio-alimentação, saúde e natalidade, o que pode fazer o salário chegar a R$12mil.  Já para Técnico Judiciário, o salário chega a R$ 6.709, valor que ainda terá acréscimo dos benefícios (alimentação, saúde, natalidade), o que pode fazer o salário chegar a até R$ 7.893.  Para concorrer ao cargo de Analista Judiciário – Área Judiciária o candidato deverá ter diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O servidor analista tem missão de prestar assistência em questões que envolvam matéria de natureza jurídica emitindo informações e pareceres; proceder aos estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina para fundamentar análise de processo e tomada de decisão; suporte técnico e administrativo aos magistrados e/ou órgãos julgadores; redação, digitação e conferência de expedientes diversos; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade, entre outras atribuições.

Já para Analista Judiciário – Área Administrativo o candidato deverá ter diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O cargo tem missão de prestar assistência em questões que envolvam matéria de natureza administrativa emitindo informações e pareceres; examinar e elaborar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos de informações; efetuar pesquisas visando ao aperfeiçoamento do serviço, elaborando projetos de estruturação e reorganização do mesmo; executar trabalhos de natureza técnica para a elaboração de normas e procedimentos pertinentes à área de atuação; realizar e planejar atividades voltadas para a administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, bem como de desenvolvimento organizacional, contadoria e auditoria, entre outras atribuições.

O TST também conta com oportunidades para Analista Judiciário – Área de  Taquigrafia. Para concorrer ao cargo, o candidato deverá ter diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O cargo tem missão de executar o apanhamento taquigráfico de sessões e outros eventos determinados pela Presidência ou pela Secretaria-Geral Judiciária; executar as ligações dos “quartos” de serviço, incluir as leituras e proceder a revisão; digitar as notas taquigráficas definitivas e conferi-las com a gravação da sessão, entre outras tarefas.  O cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa exige certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O Técnico terá missão de prestar suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais, magistrados e órgãos judicantes; executar trabalhos de redação e digitação de natureza variada, revisando-os antes de sua entrega definitiva; arquivar documentos em geral; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e guarda de processos e de expedientes diversos; entre outras missões.  Por fim, o TST também conta com oportunidades para Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança Judiciária, que tem requisito de  certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E. As atribuições são: atuar na segurança pessoal dos senhores Ministros e outras autoridades, em âmbito interno, com vistas a assegurar a integridade física; realizar investigações preliminares; conduzir veículos automotores para atender os Ministros ou a segurança, quando necessário, nos termos da legislação vigente e de acordo com as instruções recebidas, entre outras.

Fonte: Jornal Contábil

..........................................................................................................................................................................................................

O IGT está com matrículas abertas, veja no site os horários disponíveis, bem como informações gerais, inclusive você pode fazer sua matrícula por aqui.


15/03/2017

À ESPERA DE CONCURSO, CÂMARA DOS DEPUTADOS TEM MAIS DE 400 CARGOS VAGOS!

Enquanto um dos concursos públicos mais aguardados do país não sai, a Câmara dos Deputados trabalha com 404 cargos de técnico e analista legislativos desocupados. O quantitativo representa 11% do quadro de pessoal da Casa, que é composto por 3.642 servidores dessas áreas. Porém, de acordo com a assessoria da Casa, há previsão de realização de concurso em 2017. Em dezembro de 2014, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados confirmou, ao Correio, a autorização de um novo processo seletivo. De acordo com o ato 149, do dia 9 daquele mês, a seleção seria destinada a cargos de nível superior e médio. Os cargos já estariam definidos. Para analista legislativo, com salário inicial de R$ 17.684,43, haveria vagas para técnicos em documentação e informação legislativa, técnico em material e patrimônio, assistente social, e analista de informática legislativa. E para o cargo de técnico legislativo, com remuneração inicial de R$11.545,65, a área seria de assistência administrativa. Confira abaixo a relação de cargos vagos na Câmara dos Deputados hoje. - Analista legislativo:

Analista de informática legislativa (16) Assistente social (3) Assistente técnico (1) Consultoria (13) Contador (5) Enfermeiro (1) Engenheiro (1) Médico (8) Taquígrafo (14) -­ salário de R$ 17.684,43 Técnica legislativa (26) Técnica em comunicação social (2) Técnica em comunicação social – divulgação institucional (1) Técnica em comunicação social – imprensa escrita (2) Técnica em comunicação social – relações públicas (3) Técnica em comunicação social – rádio (2) Técnica em comunicação social – televisão (1) Técnico em documentação e informática legislativa (27) Técnico em material e patrimônio (22)

- Técnico legislativo: Agente de polícia legislativa (4) Agente de serviços legislativos – serviços paramédicos (12) Assistente administrativo (240)

Fonte: Correio Web

Imagem 08

O IGT está com matrículas abertas para a formação de novos Taquígrafos(as). Clique no link acima e faça já a sua inscrição!


07/09/2016

SAÍRAM EDITAIS PARA 44 VAGAS NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RIO DE JANEIRO (ALERJ).

As inscrições começam no próximo dia 14/09. Das 40 vagas para especialista legislativo, 15 são para quem possui formação superior em qualquer área. Há chances também para Tecnologia da Informação (10), Registro de Debates TAQUÍGRAFOS (AS) (5) e Ciências Contábeis (4), com ganhos de R$6.972,84.Saíram os editais dos concursos 2016 para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). A oferta inicial é de 44 vagas, sendo 40 para especialista (nível superior em várias áreas) e quatro para procurador (Direito). Outras poderão surgir durante o prazo de validade da seleção, de dois anos, podendo dobrar. As demais vagas de especialista legislativo são para Arquitetura (3) e Engenharias Elétrica (1), Mecânica (1) e Civil (1). Esses terão rendimentos de R$7.788,09. Há também 4 vagas de procurador, para graduados em Direito, com registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e experiência de três anos. Os vencimentos são de R$33.762 mensais. A carga de trabalho é de 40 horas semanais para todos. As contratações ocorrerão pelo regime estatutário, que assegura estabilidade no emprego. As inscrições devem ser feitas, até 17 de outubro, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que organiza o concurso em conjunto com a Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Femperj). Após preencher o cadastro, é necessário imprimir o boleto e efetuar o pagamento da taxa, de R$118 (especialista) e R$240 (procurador), até o dia 18 do mesmo mês. Pedidos de isenção de taxa serão aceitos somente nos dias 14, 15 e 16 de setembro, no site da FGV. Terão direito ao benefício aqueles que estiverem inscritos no CadÚnico, programa social do governo federal. Os concorrentes a especialista realizarão apenas prova objetiva, programada para o dia 4 de dezembro, das 8h às 12h. Serão cobradas 70 questões, sendo 40 de Conhecimentos Básicos (24 de Português, oito de Noções de Direito Público e oito de Regimento Interno do Poder Legislativo) e 30 de Conhecimentos Específicos (variando conforme a área). A exceção é a especialidade de Registro de Debates, que terá também uma avaliação prática, de apanhamento taquigráfico de texto parlamentar a ser sorteado cinco minutos antes do início do exame. O teste consistirá de ditado feito em velocidade média de 80 palavras por minuto, seguido de tradução digitada em computador compatível com IBM/PC, em processador de texto, com prazo máximo de duas horas. Para procurador, a prova objetiva ocorrerá no dia 29 de janeiro, das 13h às 19h, abrangendo 120 questões de Português, Regimento Interno do Poder Legislativo e diversos ramos do Direito. Os programas de todos os cargos podem ser conferidos nos editais, disponíveis na FOLHA DIRIGIDA Online. As provas para especialista serão realizadas no Rio de Janeiro, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis, Resende, Teresópolis e Volta Redonda. Já para procurador, apenas na capital.

Fonte: Folha dirigida

Imagem 49


02/01/2017

CONCURSO DA CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL (CLDF)

Na última quarta-­feira, 3 de agosto, foi anunciada previsão do edital ainda este ano para Concurso CLDF 2016, que visa ofertar 70 vagas, sendo 30 de nível médio e 40 superior. Segundo relatório da Diretoria de Recursos Humanos da Câmara Legislativa do Distrito Federal, a carreira com mais déficit é de Técnico Legislativo, de nível médio e Consultor Técnico Legislativo, de nível superior. A expectativa para o concurso é de que sejam nomeados mais do que 70 candidatos durante o prazo de validade do concurso, que será de dois anos, podendo ser prorrogado. A autorização do certame saiu no dia 14 de julho, partindo da presidente da casa, Celina Leão, que dá a Diretoria de Recursos Humanos a coordenação das ações do certame, que deve apresentar estudo para quantitativo de cargos, elaboração da minuta de edital e providenciar junto com a Comissão permanente de Licitações (CPL) a instituição que será responsável pelo concurso. Então, a expectativa é de que edital seja publicado em breve, pois o último concurso foi realizado em 2005. As especialidades com maior quantitativo abertas são para função de técnico nas áreas Legislativa (85 oportunidades sem especialidade) e Agente de Polícia (48). Mas há também vacância nas funções de Enfermagem, Secretário e outros. De nível superior as vagas abertas são de Administrador (24), Analista de Sistema (9), Arquivista (5), Bibliotecário (5), Economista (5), Enfermeiro (4), Médico (3), Odontologista (2), Pedagogo (2), Psicólogo (6), Taquígrafo Especialista (17), para qualquer nível superior, Téc. Com. Social/ Jornalismo (10), Revisor de Texto (8), Inspetor de Polícia Legislativa (2), entre outros. Há ainda 17 cargos na função de Procurador Legislativo, e mais 30 de Consultor Legislativo para qualquer graduação. A remuneração inicial de Técnico Legislativo é de R$11.182,69, chegando a R$20.612,14 na classe especial. Já para os consultores R$16.673,35,chegando a R$30.732,64 na classe especial. Para o cargo de Consultor Legislativo é preciso ter nível superior em qualquer área, além das oportunidades para formação em Administração, Direito, Informática, Serviço Social, Ciências Contábeis, Enfermagem, Agronomia, Engenharia Civil, Pedagogia. Tendo 40 horas semanais de jornada de trabalho, a remuneração inicial deste cargo é de R$14.002,94, podendo alcançar R$25.810,53 na classe especial. Além de ganhar benefícios como auxílio pré­-escolar no valor de R$753,71 e auxílio alimentação de R$1.184,92. Para Técnico Legislativo é exigido nível médio, assim como no cargo da Polícia da Câmara Legislativa, mas neste último é preciso ter carteira nacional de habilitação nas categorias “B”, “C” ou “D”. A remuneração inicial é de R$9.391,67, podendo alcançar R$17.310,90 na classe especial, em uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Sem contar com os benefícios como auxílio pré­-escolar de R$753,71 e auxílio alimentação de R$1.184,92.

A seleção não tem padrão de banca organizadora, no último realizado em 2007 o responsável foi Cespe/UnB.

Fonte: Elo Concursos

Imagem 52


Ícone 14Endereço


SEDE PRÓPRIA!

Rua 113-B, nº 32, Setor Sul, Goiânia, Goiás

Imagem 34Fale Conosco


Imagem 41

Ícone 72Redes Sociais


Ícone 33   Imagem 24

Imagem 43